sexta-feira, 28 de março de 2014

História, escória, sofrimento, ação do tempo. 
História, miséria, caso sério, alimento, mantimento 
pra quem não tem pagamento. 
Condição
Discriminação
Abolição da escravatura?
Aqui a vida é dura
Favela, algumas casas sem janela
Acabou a luz? Tranca as portas e enxerga à luz de vela
Que aqui não é igual novela
Tem que ficar atento
Se neguim chegar não vai ter argumento. 
É tiro, porrada, facada
É nessa hora que falta camarada. 
Assassinato coletivo. 
Morreu mais um jovem
Filho de mãe pobre 
Que acorda 5:30 da manhã pra pegar o coletivo lotado
Enfrenta trânsito engarrafado
Pra ganhar menos de um salário 
 Não passou no jornal, não querem dar ibope
"Era caso de droga, chamaram o bope
É só mais um negro pobre."

sábado, 8 de março de 2014

Tomei um copo de whisky pra te afogar
Acendi um cigarro pra te apagar
De uma vez
De mim
Pôr um fim
Não foi tão fácil assim.

quinta-feira, 6 de março de 2014

Fobia.
Enquanto acaricio,
Enquanto aprecio,
Enquanto amo quem está do meu lado
Eles não deixam barato
Olham,
Gritam,
Xingam.
É lesbofobia
E ninguém faz nada para ajudar
Estou sendo atacada
E meu bem está começando a se desesperar
É lesbofobia
Afetofobia
Amorfobia
Enquanto me batem por causa dos seus preconceitos
Grito SOQUEM NO CU SEUS PRÉ-CONCEITOS!
Enquanto me espancam em nome da moral e bons costumes
Digo que estão com ciúmes,
Inveja.
Não sabem o que é amor.
Balbucio um "parem, por favor
Vou desmaiar
Não tenho culpa de amar"
E enquanto desmaio
Elesfobiam.